ACESSOS DIRETOS

CLIMA E TEMPO

NOTÍCIAS Voltar >

Exposição sobre Simões Lopes Neto está em cartaz na Casa da Cultura Augusto Fortuna

Publicado em 27/09/2017, Por Bruna Belusso - Assessoria de Imprensa

Depois da exposição com frases de Paulo Leminski, em agosto, agora é a vez de Simões Lopes Neto estampar as paredes da Casa da Cultura Augusto Fortuna, de Santo Expedito do Sul. Desde o dia 18 de setembro, os cartazes com detalhes sobre a vida e a obra do autor gaúcho estão expostos para visitação pública no auditório da Casa. A exposição está aberta de segunda a sexta-feira, das 08:00 às 11:30 e das 13:00 às 17:00.

A exposição, que é feita em parceria da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Santo Expedito do Sul com o Sesc Passo Fundo, ficará em cartaz até o dia 29 de setembro e busca levar as obras de João Simões Lopes Neto ao conhecimento da comunidade expeditense. Muito ligado ao cenário campeiro, o autor produziu obras que traduziam a vida do homem gaúcho, como o clássico livro “Lendas do Sul”, de 1913, onde Lopes Neto narra várias lendas conhecidas do Rio Grande do Sul, mas que até então somente eram passadas de boca a boca, principalmente na região interiorana. O autor escreveu ainda “Cancioneiro Guasca” (1910); “Contos Gauchescos” (1912) e “Casos do Romualdo” (1914). Faleceu em Pelotas aos 51 anos, vítima de uma úlcera perfurada.

Homenageando a Semana Farroupilha e o gaúcho, a exposição é uma ótima dica de cultura aos expeditenses. A mostra é oferecida de forma gratuita à população.

Sobre o autor

João Simões Lopes Neto foi um escritor e empresário brasileiro. Segundo estudiosos e críticos de literatura, foi o maior autor regionalista do Rio Grande do Sul, pois procurou em sua produção literária valorizar a história do gaúcho e suas tradições.

Simões Lopes Neto só alcançou a glória literária postumamente, em especial após o lançamento da edição crítica de “Contos Gauchescos” e “Lendas do Sul”, em 1949, organizada para a Editora Globo, por Augusto Meyer e com o decisivo apoio do editor Henrique Bertaso e de Érico Veríssimo.

 





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook