ACESSOS DIRETOS

CLIMA E TEMPO

NOTÍCIAS Voltar >

Exposição sobre Candido Portinari chega às escolas do municípioExposição sobre Candido Portinari chega às escolas do município

Publicado em 07/06/2018, Por Bruna Belusso - Assessoria de Imprensa

A exposição “Portinari – O Bauzinho do Pintor” foi lançada na última quarta-feira (06) na rede pública de ensino de Santo Expedito do Sul. Em parceria com o Sesc Passo Fundo, a exposição será itinerante e passará pelas três escolas municipais de Santo Expedito do Sul e também pela escola estadual Genoveva Pelisser. A mostra ficou exposta para visitação da comunidade durante o mês de maio na Casa da Cultura Augusto Fortuna e agora visita as instituições de ensino, para alegria dos estudantes.

O pequeno baú que passa pelas escolas leva dentro dele um pouco da vida e da obra de Candido Portinari, um dos artistas mais prestigiados do Brasil e o pintor brasileiro a alcançar maior projeção internacional. A mostra propõe reflexões e conhecimento sobre a obra do pintor inserida em diversos contextos, aproximando-a do grande público.

A secretaria de educação e cultura organizou um roteiro para a passagem do bauzinho pelas instituições de ensino. Na quarta-feira, 06 de junho, a escola Professora Loreni Moreira recebeu o projeto. A próxima escola será Cristiano Kern, no dia 13 de junho. Já as escolas Genoveva Pelisser e Criança Feliz receberão a exposição nos dias 20 e 27 de junho, respectivamente.

Sobre Candido Portinari

Candido Torquato Portinari foi um artista plástico brasileiro. Portinari pintou quase cinco mil obras de pequenos esboços e pinturas de proporções padrão, como O Lavrador de Café, até gigantescos murais, como os painéis Guerra e Paz, presenteados à sede da ONU em Nova Iorque em 1956 e que, em dezembro de 2010, graças aos esforços de seu filho, retornaram para exibição no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Faleceu aos 58 anos, vítima de intoxicação pelas tintas que usava em seus trabalhos.

Em suas obras, o pintor conseguiu retratar questões sociais sem desagradar ao governo e aproximou-se da arte moderna europeia sem perder a admiração do grande público. Suas pinturas se aproximam do cubismo, surrealismo e dos pintores muralistas mexicanos, sem, contudo, se distanciar totalmente da arte figurativa e das tradições da pintura. O resultado é uma arte de características modernas.

 

 





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook