ACESSOS DIRETOS

CLIMA E TEMPO

NOTÍCIAS Voltar >

Casa da Cultura de Santo Expedito do Sul recebe exposição de frases de Paulo Leminski

Publicado em 17/08/2017, Por Bruna Belusso - Assessoria de Imprensa

A Casa da Cultura Augusto Fortuna, de Santo Expedito do Sul, recebe de 08 a 31 de agosto uma exposição de painéis com frases de Paulo Leminski e ilustrações de Fábio Dudas. A mostra literária está situada no auditório da Casa e é aberta à toda a comunidade expeditense.

Em parceria da Secretaria Municipal de Educação e Cultura com o Sesc Passo Fundo, a exposição busca tornar o autor conhecido pelo grande público e proporcionar entretenimento cultural à população. De acordo com a Secretária Municipal de Educação e Cultura, Andreia Molin, além da visitação do público em geral, os estudantes das escolas do município também visitarão as obras como parte de atividades culturais. Ainda segundo Andreia, em setembro uma nova exposição deve vir até Santo Expedito do Sul. Nos mesmos moldes da exposição de Paulo Leminski, obras do autor Simões Lopes Neto estarão expostas na Casa da Cultura Augusto Fortuna de 18 a 30 de setembro e abordarão o tema da Semana Farroupilha. Ótimas dicas de cultura aos expeditenses, as mostras são oferecidas de forma gratuita à população.

Sobre os autores

Paulo Leminski foi um escritor, poeta, crítico literário, tradutor e professor brasileiro. Intelectual de primeira linha, Leminski era natural de Curitiba (PR) e escreveu grandes obras, como “Polonaises”, “Não fosse isso e era menos/ não fosse tanto e era quase”, “Caprichos e relaxos”, “Catatau”, “Agora é que são elas”, entre outras. Na música, fez parcerias com Caetano Veloso, o grupo A Cor do Som e a banda de punk rock Beijo AA Força. Leminski morreu em Curitiba aos 44 anos.

Fábio Dudas é artista plástico e ilustrador. Seu trabalho como artista visual se baseia na figuração da realidade e da ficção, nas memórias de infância, na interpretação do cotidiano e na imaginação. Grande parte de seu percurso como pintor e gravurista ilustra a complexidade do mundo infantil, como a construção e definição de aspectos pessoal, social, cultural e dimensões das ações realizadas com o corpo, através da brincadeira e do reflexo na vida adulta.

 

 

 





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook